sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Conto 002 - Me tornei corno por um erro meu 01



Essa é uma fantasia minha, não que eu queira realizar na integra..





Sempre tive fantasias de submissão, onde seria dominado por uma mulher que me humilhava e torturava, mas a fantasia é bem diferente da realidade, com o tempo deixei de procurar uma mulher com esse perfil e casei com uma mulher convencional, essa que têm tabus e medos de que os outros vão pensar sobre as atitudes delas etc... Mas mesmo assim, as fantasias me tomavam conta, com o tempo adicionei mais um fetiche, o cuckold (fantasia de corno) e comecei a navegar na internet vendo esse tema, tentei falar com ela, mas ela repudiou, me disse que ela não era uma puta barata, fazer oque. Comecei a fantasiar sozinho e minha necessidade de falar com alguém sobre o assunto me fez criar um nick e um perfil falso, onde comecei a comentar e trocar ideia com outra pessoas e com isso acabei criando um blog com minhas próprias postagens e fantasias.

Estava investindo muito tempo com o blog, que estava chegando ao ponto de atrapalhar o meu trabalho, que é no ramo de projetos de estruturação e automação em TI, tinha um superior chamado Pedro que estava pegando no meu pé, estava trabalhando até em casa para concluir os projetos e era uma desculpa perfeita para ficar mais no blog e sites sem minha esposa desconfiar sobre isso.

Certa noite um sujeito mandou uma mensagem que mim dizendo que gostou muito de minhas fantasias e que iria realiza-las todas elas e se apresentou como adestrador de cornos, no inicio não dei muita importância, mas ele começou a tocar nos pontos principais de minha fantasia... "Vejo que você é um corno fraco, aposto que nem tirou a virgindade de sua mulher, e aposto que nem teve a competência de comer o cuzinho dela, seu pintinho merece ser trancado em um cinto de castidade e jogado a chave fora, vou arrombar a buceta de sua esposa que quando você for meter vai sentir um largo espaço, vai ser com se estivesse metendo no ar... você só serve para limpar a minha porra depois que eu deixar a buceta dela toda melada..." essa mensagem mexeu comigo, e sim, eu nunca consegui comer a bundinha de minha esposa.

Nas próximas mensagens ele mandou a foto do pau dele e pediu para imaginar como ficaria minha esposa depois que ele transar com ela, fiquei impressionado, era bem maior que o meu e pediu para mandar fotos de minha esposa, falei para ele que ela não deixava, que era muito recatada, ele me respondeu que como eu era incompetente e que ele tinha que me ensinar como ser um homem, ele disse para falar para ela que era um joguinho para apimentar nossa relação e que apagaria depois, e por incrivel que pareça, ela aceitou, tirei de varios ângulos e nossa transa foi até mais caliente, depois ela quis ver eu apagando as fotos, eu apaguei, mas como tinha um app de backup, foi fácil recuperar, editei as fotos para fazer umas montagens para tapar o rosto de minha esposa e mandei para o "adestrador".

Com o passar do tempo, fui me abrindo mais com ele, falando de minhas fantasias, e mandando fotos constantes de minha esposa, em varias posições, em nossas brincadeiras, dela dormindo nua, tirei umas dela tomando banho escondido, e ele me dizendo que era um desperdício uma esposa linda como ela com um inútil como eu, que não tinha competência para dar-lhe um orgasmo como ela merecia, essas insinuações minavam minha mente e eu me masturbava constantemente imaginando algo que nunca iria se realizar.

O passaram algumas semanas e no escritório estava marcando uma confraternização para comemorar a fase que fechamos bons contratos de suporte, foi quando meu supervisor Pedro me chamou para fechar alguns detalhes, já imaginei que era mais encheção de saco, aposto que alguns serviço de ultima hora, todos se organizando para a festa e ele me ferrando.

Quando eu entrei na sala dele e fechei a porta, ele me falou algo me deu um frio na espinha.

-“Mitio, como está os preparativos para festa? Espero que tenha comprado um vestido bem sensual para sua esposa”. Ele disse o meu apelito no blog. Como ele soube que sou eu?

-“Não entendi? Como assim Mitio?” tentei dar uma de desentendido...

-“Não faça de retardado corno, alias, é um retardado mesmo, com uma mulher gostosa como a sua e dando de bandeja para que um macho possa fuder ela de verdade, coisa que seu minduizinho não pode fazer, frustrando a pobre coitada que esta praticamente pedindo que algum macho trate como a puta que ela tenta esconder que é.”

-“Como ousa, você não tem o di....”, antes de eu terminar a frase ele vira a tela e me deixa de boca aberta, sem reação... era as fotos de minha esposa nua, as que eu tinha enviado... não pode ser, todos menos ele, o cara que mais repudio está com as fotos e em seguida, ele me entrega umas folhas e quando vejo, são todas as mensagens que eu troquei com o tal adestrador, o cara que me ferrava direto, não podia ser ele...

-“Como você consegui isso? Como você descobriu???” minha voz quase não saia de tão nevoso que estava.

-“É que além de ter um pau minúsculo e ser retardado, é um completo incompetente e idiota, recebi um projeto por e-mail de um tal de mitio, achei estranho, quando fui ver, era o serviço que você estava fazendo, e na assinatura do seu e-mail, tem todas as redes social e um blog muito interessante, é quando o corno tem muita vontade de ver sua esposa sendo arrombada, sempre dá um jeitinho de um caso acidental né?”

Essa não, quando estava em casa fazendo o projeto, mandei pelo e-mail errado, tentei argumentar de todas as maneiras possível, mas ele estava com o queijo e a faca na mão, ele podia arruinar minha vida, meu emprego e meu casamento, com um escândalo desse, não conseguia emprego nem de aux. administrativo.

-“E o melhor é essa foto aqui.” Quando eu vi, não tinha como negar, era uma foto onde eu tinha apagado o rosto de minha esposa, mas não tinha percebido que meu reflexo na janela, de eu tirando a foto de minha esposa...

-“Bom minduin, o negócio vai ser o seguinte, como você percebeu você é muito incompetente, e eu vou lhe ajudar nisso, não adianta falar para mim que isso era só uma fantasia, que não queria que acontecesse, pelo contrario, vou fazer você vive-las o máximo possível delas, e você fará tudo o que eu mandar, e para começar, você irá me apresentar para sua esposinha na festa, me apresentara como um grande amigo, quase um irmão, depois o resto das instruções eu lhe passo lá.”

Sai de lá tremendo, mas estava muito excitado também, era uma mistura de ódio e prazer, imaginar minha esposa nas mão daquele cafajeste, justo o cara que mais odeio, que me atrapalha no serviço e me humilha, agora ele está com munição para tornar minha vida um inferno...

...Chegou o dia da festa e como fiquei falando para minha esposa que era uma ocasião muito importante e que tinha que impressionar, ela foi com um vestido espetacular, não era da vulgar ou curto, mas mostrava os contornos bem definidos de minha esposa.

Quando chegamos na festa, tentei procurar Pedro, pois estava com medo dele reclamar, mas não o encontrava, até em um momento que minha esposa estava meio distraída e passou um cara com dois copos de drink de frutas e me deu, “-Esse copo é seu e esse outro é para sua esposa, Pedro disse para dar um jeito dela beber.” Fiquei um pouco preocupado, porque tinha comentado nas mensagens quando estava pedindo informações de minha esposa que ela era um pouco fraco para bebida...

“-Querida, peguei algo para bebermos...”

“-Nossa, você tem certeza, você sabe que sou fraca para bebida, não quero dar vexame...”

“-Não se preocupe, o garçom me falou que o teor alcoólico é bem fraco”. Eu menti, provavelmente era bem forte com o sabor disfarçado nas frutas.”

Logo após ela tomar, ele passou de novo e me deu mais dois, ela tinha tomado um pouco mais da metade e depois veio Pedro... “-Ora meu rapaz você está aqui, pensei que não estava na festa...”

“-A estava aqui com minha esposa, Fabiana, esse é Pedro, meu superior e um grande amigo.” – Deu um aperto no estomago e um frio na espinha...

“-A você então que é a famosa Fabiana, seu marido fala muito de você.”

“-Ah, ele fala?” Fabiana mostrou espanto pois quase nunca falei de Pedro para ela.

Passou entre 10 e 15 minutos e tudo transcorria normal, até que o cara que me deu as bebidas agarrou meio forte no meu braço, levei um grande susto... “-Ah, você está aqui, venha rapidinho que eu Mauro temos uma duvida para tirar com você, vocês dão um tempinho, é rapidinho, coisas do trabalho...”

“-Não tem problema, eu ficarei aqui conversando com sua adorável esposa até voltar...”

“-Ok querido, nós esperaremos aqui.” A voz de minha esposa estava meio alta, e também o comportamento dela estava meio estranho...”

O cara me levou para o lado de fora do Buffet, no meio de umas árvores perto do estacionamento dos carros.

“-Me dê o seu celular...” Entreguei sem questionar, depois disso ele tirou uma algema e pos em meu braço e prendeu em uma arvore, eu olhei assustado e ele disse.

“-Não se preocupe, voltarei aqui depois de 30min, acho que será o tempo suficiente para o Pedro, ah, aquela bebida tinha um baixo teor de álcool, mas tinha um estimulante sexual, não se preocupe, é fraco, mas eficaz, não tenha medo que não é nenhuma droga de estupro, mas tirará as inibições dela, já um segundo, era um pouco mais forte na dose do alcool, e o terceiro que você disse para entregar a ela aumenta um pouquinho a mais...”

E saiu, a posição era estratégica, eu conseguia ver um pouco na festa em uma janela, mas ninguém me via por causa da escuridão e das arvores. Vi também que dava para ver minha esposa e Pedro que estavam próximos a janela, e logo depois vi o cara entregando bebidas para os dois, ele disse para minha esposa alguma coisa onde ela aparentou ficar chateada e vi para meu desespero os dois conversando. A conversa dos dois foi evoluído, ele começou a ficar tocando no braços da minha esposa, depois mudou para caricias, aparentemente, pare que minha esposa começou a ceder ele foi aproximando dela e logo já estava meio que passando a mão das costas dela. Eu estava desesperado, não sabia oque fazer, ela começo a mexeu no celular, daí caiu a ficha, meu celular estava com o cara que me deixou aqui, ela deve estar mandando mensagens para mim... e os dois começaram a mexer no celular, provavelmente Pedro deveria fingir estar preocupado e mandando mensagem para mim tbm.

Depois de uns quarenta minutos, o rapaz veio para me soltar pedindo desculpas porque teve um pequeno contra tempo, e me deu o celular que abri e tinha algumas mensagens da minha esposa.

“-Caramba, oque eu vou falar para Fabiana?” Falei meio preocupado.

“-Eu não sei, isso é problema seu, não se preocupe, cornos sempre tem belas desculpas...kkkk” o cara disse isso e eu fiquei muito assustado, caiu a ficha agora que ele sabia o que estava ocorrendo ali...

Quando cheguei perto de minha esposa, ela não parecia tão chateada, mas estava um bocado alta, e agindo muito estranho.

“-O que aconteceu que demorou? Mandei mensagens e você não respondeu, fiquei preocupada.” Até parece, de onde eu estava ela parecia muito descontraída.

“-Deu um problema em um dos servidores e fomos procurar um lugar para fazer uma conexão remota para resolver, estava tão preocupado com o sistema que nem vi o tempo passar e não vi que estava mandando mensagens para mim.”

“-Ok, Pedro foi um prazer lhe conhecer.”

“-Oh, o prazer foi todo meu, com certeza.” Falou olhando para mim...

Quando nos afastamos, minha esposa cochichou que precisamos ir embora agora...

Eu pensei que ela estava muito chateada com tudo mas quando eu entrei no carro descobri que era outra coisa, ela estava muito excitada, mau entramos no carro e ela já foi pegando em meu pau...

Estávamos a caminho de casa ela nem se aguentava, ela fez uma coisa que praticamente tinha que implorar para ela fazer, tirou meu pau para fora e começou a chupar, ela deu uma chupada como nunca tinha dado em mim, engolia ele e chupava com gosto, passava a língua em volta da cabeça e mergulha ele no fundo da garganta, praticamente não aguentei porque já estava excitado vendo ela e Pedro naquela janela, jorrei muita porra e ela fez uma coisa que nunca tinha feito, engoliu toda a minha porra e continuava a chupar com vontade...

Chegamos em casa, subimos no quarto e ela super excitada, mas quando tentei meter nela, eu não conseguia ficar mais duro, ela muito chateada pediu para chupa-la e eu o fiz.

Ela estava entrando em um clímax quando ela me deu um empurrão com o pé que cai no chão. Ela começou a se masturbar freneticamente, parecia que estava tendo orgasmos múltiplos, e depois de se acalmar, ela virou para o lado e dormiu, depois da cena que tinha presenciado, me senti meio humilhado e excitado, queria saber se ela imaginou Pedro metendo nela, meu pau ficou duro novamente, mas como já tinha passado a excitação dela, eu fui para o banheiro e comecei a me mastubar, estava sentindo meio humilhado por não conseguir dar a atenção que ela queria e quando sai do banheiro, reparei que ela estava me olhando e eu não tinha fechado a porta...

Continua...

8 comentários:

  1. nossa que conto. otimo, mais posta logo essa segunda parte que ja estou louca pra ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já mentalizei a segunda e a terceira parte, só falta digitar...

      Excluir
    2. mitio,muito bom seu conto mais posta logo o restante.
      parabens

      Excluir
  2. Sou fã do seu blog, parabéns pelo conto!

    ResponderExcluir
  3. Quero ser corno manso busco uma mulher pra namorar ou casar e ser o corno dela quero uma mulher que adore chupar muitas rolas e que adore ser putinha de corno se vc quiser um corno real me add no whatsapp, obs: somente mulheres OK 12996185415

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia sou o negro fodedor de São José dos Campos regiao do Vale do Paraíba ..casais e cornos e esposinhas liberadas pelo marido afins só me add favor olharem meu ddd Meu whatsapp 012997047821 sigilo absoluto ...

    ResponderExcluir
  6. mytyo cade a seguanda parte posta logo..

    ResponderExcluir